Os Dias Levantados (reeditado na Naxos)

Libreto de Manuel Gusmão (1945-2023)

Gravado ao vivo no Grande Auditório da Culturgest, Lisboa (06-03-2002)
integrado no ciclo Obra Completa de António Pinho Vargas

Ana Ester Neves, Ana Paula Russo, Carlos Guilherme
Elvira Ferreira, Jorge Vaz de Carvalho,
Luís Rodrigues, Nicolau Domingues, Paulo Ferreira

Coro do Teatro Nacional de São Carlos
Orquestra Sinfónica Portuguesa do TNSC
direção João Paulo Santos

Prólogo: Conversa de espectros sobre o vivo

I – O salto do tigre a céu aberto

  1. Estátua de Silêncio I
  2. Os 4 soldados: Que faremos com esta espada? I
  3. Estátua de Silêncio II
  4. Os 4 soldados: Que faremos com esta espada? II
  5. Os dias levantados

II – Os dias Levantados

  1. Os 4 soldados: Que farei com esta espada?
  2. a) The time is out of joint
    b) o tempo saiu enfim dos eixos
  3. As 3 irmãs: Elas acendem o lume
  4. the time is out of joint: o tempo é a mudança
  5. As 3 irmãs

III – Tomar a palavra: escrever o tempo

  1. No chão da história
  2. As casas andantes
  3. A cidadania limiar
  4. O poder não pode cair na rua

IV – il combattimento

  1. Os 4 soldados: a desavença
  2. il combattimento
  3. Era e não era; acabou e nãoi acabou

Êxodo

Nota de Programa: Guia para os Dias
 
https://antoniopinhovargas.com/programas/os-dias-levantados-opera/

LAMENTOS (Artway) Prémio Play Melhor Album Música Clássica/Erudita (2024) (2023) | MAGNIFICAT / DE PROFUNDIS (Warner) (2017) | CONCERTO PARA VIOLINO (mpmp) (2017) | 'Six Portaits of Pain' Pavel Gomziakov, Pedro Amaral & Metropolitana (2016) | Orquestra do Hot Clube de Portugal A música de António Pinho Vargas (2016) | OS DIAS LEVANTADOS (reeditado na Naxos) (2015) | Verses and Nocturnes reeditado na Naxos (2015) | REQUIEM & JUDAS, Coro e Orquestra Gulbenkian (Naxos) (2014) | STEP BY STEP Drumming dir. Miquel Bernat (2013) | OUTRO FIM (Culturgest, Dargil) (2013) | IMPROVISAÇÕES (2011) | Três Fragmentos, Victor Pereira, clarinete Movimentos (2010) | Quatro Novos Fragmentos III (para violoncelo e piano) (2010) | Stabat Mater para coro, violino e piano (2010) | Três Fragmentos Nuno Pinto, Clarinete Solo (2009) | SOLO II (2009) | SOLO (2008) | Graffiti [just Forms], Six Portraits of Pain, Acting Out (2008) | OS DIAS LEVANTADOS (2003) | 'Quatro ou Cinco Movimentos Fugidios da Água' FIMPV (2003) | Dois Violinos para Carlos Paredes - in Movimentos Perpétuos (2003) | Royal Scottish Academy Brass – ‘Two Family Discussions ‘ (2003) | The Galliard Ensemble - ‘Três Fragmentos’ (2003) | VERSOS (2001) | Arditti String Quartet - ‘Monodia quasi un requiem’ (2001) | Madalena Soveral – ‘Mirrors’ (2001) | AS MÃOS, O MELHOR DE ANTÓNIO PINHO VARGAS (1998) | A LUZ E A ESCURIDÃO (1996) | MONODIA (Warner) (1994) | SELOS E BORBOLETAS (1991) | OS JOGOS DO MUNDO (1989) | AS FOLHAS NOVAS MUDAM DE COR (1987) | CORES E AROMAS (1985) | OUTROS LUGARES (1983)