1.
A obra Um discurso de Thomas Bernard foi estreada na sua versão em língua alemã no Festival de Salzkammergut, Gmunden, Áustria, no dia 17 de Julho, ORQUESTRA METROPOLITANA DE LISBOA,  JOACHIM BIßMEIER, narração, CORO ARNOLD SCHÖNBERG [Erwin Ortner, direcção do coro] MICHAEL ZILM, concepção e direcção musical

 2.
Estreia no dia 19 de Julho a obra Suite para Violoncelo solo
Nuno Abreu, Vencedor do 4º Concurso de Jovens Intérpretes de Caldas da Rainha. Encomenda do Festival de Música de Caldas da Rainha, IGREJA NSª SRA DO PÓPULO, 21.30

 3.
Estreia no dia 21 de Julho a obra Movimentos do subsolo – Quarteto de Cordas nº2 – no XXX Festival Internacional de Música da Póvoa de Varzim. Quarteto Verazin, Auditório Municipal. 21.45

 4.
Está já à venda em algumas livrarias o livro Cinco Conferências, Especulações Críticas sobre História da Música do Século XX, editado pela Culturgest, edição revista e aumentada das conferências ali proferidas em 2005.

 5.
O CD Casa da Música/Numérica com 3 obras Graffiti [just forms], Six Portraits of Pain e Acting Out talvez se possa encontrar nas lojas – se a sua distribuição ultrapassar as dificuldades habituais – ou, mais seguramente, no site da
NUMÉRICA. http://www.numerica-multimedia.pt/

 6. A obra Nocturno/Diurno na versão para Orquestra de Cordas será executada em Moscovo no próximo Outono.